O Livro dos Médiuns desmascara todo o "Espiritismo" brasileiro, incluindo seus "mestres"

(Autor: Kardec McGuiver)

Não é muito difícil saber qual o livro de Kardec mais lido pelos pseudo-espíritas e um dos menos lidos. O mais lido certamente é o Evangelho Segundo o Espiritismo, erroneamente entendido como adaptação do Novo Testamento à Doutrina Espírita. Na verdade é uma análise do Evangelho sob a ótica espírita, com explicações racionais. Mas a associação com o catolicismo enrustidamente arraigado nas mentes dos pseudo-espíritas faz esse grupo de seguidores "cegos" da doutrina gozarem de prazer.

Um dos menos lidos livros escritos pelo mestre lionês é certamente O Livro dos Médiuns, que inclusive é raramente utilizado na hora de treinar médiuns para trabalharem em centros. Administradores de centros espíritas preferem usar o Orientalismo e outras teses exóticas como manual para treinar seus médiuns. Porque será?

Acontece que se o Livro dos Médiuns fosse estudado com rigor, o que conhecemos como Movimento Espírita brasileiro não existiria. Os alertas que aparecem no livro colocariam 90% das obras escritas por Chico Xavier e inúmeros médiuns similares diretamente na lata de lixo e quase todos os centros espíritas fechariam suas portas. Está faltando discernimento na compreensão da doutrina pelos brasileiros. Discernimento que é ensinado pelo Kardec no Livro dos Médiuns.

O livro não se limita a ser um manual de como um médium deve agir. Na verdade, o Livro dos Médiuns é para todas as pessoas que pretendem seguir à doutrina trabalhando ou não em nome dela. Há muitos alertas sobre a falsidade de espíritos zombeteiros que, disfarçados de falsos sábios, distorcem os conceitos da doutrina ao seu bel-prazer e com isso, impedindo a evolução espiritual da humanidade, verdadeiro objetivo desses farsantes do além-túmulo. Muitos prestigiados médiuns e seus obsessores (chamados de "guias" espirituais) seriam facilmente desmascarados com as dicas escritas no livro.

Por isso mesmo, por confrontar e desmascarar dogmas espiritolicistas, cheios de enxertos e fantasias, esse livro é sumariamente evitado, pois acabaria com a crença infantil que conforta tantas pessoas desesperadas por uma solução para os seus problemas que possa ser adquirida sem o mínimo esforço.

Está explicado o porque do "Espiritismo" à brasileira estar nesta bagunça toda. Se todos estudassem com discernimento o Livro dos Médiuns, muitos mitos e mentiras cairiam, nos devolvendo ao caminho seguro da evolução espiritual de que nos desviamos há muitas décadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

Madre Teresa de Calcutá e a caridade como mercadoria