Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

"Umbral" é o destino provável de "espíritas" devotos

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
Quem professa o "espiritismo" brasileiro de maneira "exemplar", pregando seus princípios, assistindo às doutrinárias, participando de seus eventos e fazendo a caridade paliativa de sempre, costuma ter uma ilusão comum.
Eles acreditam que, quando um dia morrerem, serão recebidos pelos seus melhores amigos e parentes já falecidos, como se fosse num desembarque de um aeroporto, embora num cenário celestial com céu azul e nuvens brancas.
Se é um figurão como Divaldo Franco, o que se acredita é que ele, quando encerrar sua vida material, será recebido pelos seus parentes, pelo amigo Nilson Pereira (com quem fundou a Mansão do Caminho), haverá um coral de anjos cantando alguma poesia em melodias sinfônicas e alguma cerimônia. Depois, Jesus convocará Divaldo para ir para junto de Deus por ter encerrado a sua missão espiritual.
Isso tudo parece lindo e, narrando assim, os "espíritas" se comovem e se sentem fascinados. Há até a lenda de …

Teologia do Sofrimento é uma ideologia anti-Jesus

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
A Teologia do Sofrimento é uma ideologia nociva que apela para a aceitação das desgraças humanas sob o pretexto de garantir as bênçãos no céu.
É uma ideologia elitista e discriminatória, porque não defende o sofrimento para os privilegiados, mas tão somente que sofredores continuem suportando desgraças e infortúnios. Os privilegiados que fiquem nos seus privilégios, sob o pretexto de que "um dia terão o que merecem".
A Teologia do Sofrimento tem raízes no Império Romano, mas foi popularmente conhecida a partir de Santa Teresa de Lisieux, no século XIX. No século seguinte, sua maior propagadora foi Madre Teresa de Calcutá, que dizia que o sofrimento era "um presente de Deus".
No "espiritismo" brasileiro, quem demonstrou a defesa mais convicta da Teologia do Sofrimento foi Francisco Cândido Xavier. Sim, o popular Chico Xavier, ele mesmo. O "médium" mineiro pregava que as pessoas deveriam sofrer sem queixumes, aceitar o s…

Discípulo de Chico Xavier, Divaldo Franco fez muito mal ao mundo

Imagem
(Autor: Professor Caviar)

Se Francisco Cândido Xavier cometeu o gravíssimo erro de corromper a Doutrina Espírita com suas pregações igrejistas de essência medieval e praticar fraudes mediúnicas, pastiches literários e tantas irregularidades (Chico Xavier defendeu até a ditadura militar e pedia para que orássemos até para o DOI-CODI), seu discípulo e amigo Divaldo Franco fez um erro menos diversificado, mas muitíssimo grave: o de espalhar a deturpação do Espiritismo para todo o mundo.
Com sua voz de padre, o baiano Divaldo Pereira Franco, fundador da Mansão do Caminho - instituição que, em 63 anos de existência, só ajudou 0,08% da população de Salvador e ainda assim é definida como "uma das maiores instituições filantrópicas do mundo" - ao lado do falecido Nilson Pereira, o "Tio Nilson" - é tido como um dos "maiores oradores espíritas" do mundo.
No entanto, Divaldo Franco segue o estereótipo antiquado do velho professor catedrático dos anos 1940. Se bem q…

Pessoas cultuam Chico Xavier porque não querem praticar bondade

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
A religiosidade estereotipou a bondade. Originalmente, religiões nada tinham a ver com caridade e benevolência, mas defensoras de absurdos sem lógica que sustentam poder e dinheiro de suas lideranças, precisava de algo como "escudo" a lhes manter intactas, mesmo com a evolução da humanidade. Associar religiosidade a bondade foi muito cômodo para que os interesses das lideranças religiosas fossem protegidos.
Por isso meso as pessoas estereotiparam a religiosidade como condição maior, senão única de bondade. Negá-la, para os religiosos mais fanáticos, é no mínimo ser vulnerável à maldade. Para eles, ser religioso e ser bondoso seriam sinônimos. mesmo que essa bondade na seja realmente posta em prática.
Pode parecer incrível, mas a própria crença religiosa dispensa a pessoa de praticar a bondade. Se ele tem fé, é bondoso. Por esse motivo, muitos religiosos praticantes demonstram ser as pessoas mais negligentes com o bem estar do próximo. Vários se limi…

Enquanto Chico Xavier for o "mestre máximo" o Brasil permanecerá na sarjeta

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Você conhece a Tábua Ouija? Uma brincadeira irresponsável que as pessoas fazem para chamar espíritos e que acaba atraindo seres de intenções duvidosas que não raramente geram danos a quem se envolve com a brincadeira. 
No Brasil, a Tábua Ouija foi ampliada de forma extensa e virou uma doutrina, conhecida como "Espiritismo"(que nada tem a ver com o Espiritismo original, fundado por Allan Kardec, embora haja frequentemente bajulações ao mestre francês). 
O "Espiritismo" brasileiro descartou a lógica do formato original e virou uma bagunçada seita cheia de absurdos, fantasias e contradições. Perde tempo com moralismo frouxo e importou um festival de enxertos, maioria de origem católica, que são totalmente incompatíveis com a doutrina.
O resultado dessa bagunça organizada foi a atração de espíritos mal intencionados que acabaram por "orientar" a doutrina no Brasil. Espíritos que acabaram ganhando um líder, Emmanuel, o velho preconcei…

Chico Anysio, David Bowie e Fernando Pessoa "psicografaram" melhor que Chico Xavier

Imagem
(Autor: Professor Caviar)

O que tiveram em comum o humorista brasileiro Chico Anysio, o cantor inglês David Bowie e o poeta português Fernando Pessoa? Simples, eles entenderam a natureza humana, cada um à sua maneira, "incorporando" vários personagens, com seus talentos peculiares de grande valor e uma contribuição ímpar para suas respectivas culturas.
Eles acabaram "psicografando" com muito mais competência e brilho do que Francisco Cândido Xavier. Este nunca passou de um embusteiro, porque as obras que o mineiro publicou "evocando" pessoas diferentes do além nunca iam mais além do seu estilo pessoal, em que verdadeiras gafes como publicar poemas com o nome de Auta de Souza usando o "estilo Chico Xavier" mostram a incompetência do "maior brasileiro de todos os tempos" em compreender a diversidade humana.
Chico Xavier, no fundo, usava nomes e personalidades falecidos de diversos tipos para dizer uma mesma mensagem igrejista, o mesmo a…

Quando a mercadoria "espírita" se transforma em isca

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
O que faz um produto "espírita" se tornar gratuito? A possibilidade de tornar mais acessível a "boa mensagem"? A caridade de confortar as pessoas? A missão do esclarecimento e da livre transmissão de conhecimento? 
Nada disso. A religião que deturpa o legado de Allan Kardec e que chegou a vender a preços caros os livros de Francisco Cândido Xavier, quando ele não era ainda um ídolo consagrado e estava a décadas antes de ser beneficiado pela técnica do inglês Malcolm Muggeridge de fabricar mitos religiosos, não disponibiliza seus produtos de forma gratuita por generosidade ou outra qualidade positiva, mas como um processo pernicioso de manipulação.
Notem o documentário Data-Limite Segundo Chico Xavier, de Fábio Medeiros. Não é um trabalho barato. Ele envolveu muitas viagens de sua equipe, uso e manutenção de equipamentos, hospedagem, remuneração dos profissionais envolvidos, marcação de horários para entrevistar pessoas interessadas, pesqu…

Quando a esmola é demais...

Imagem
(Autor: Professor Caviar)

Quanta ingenuidade. Alguém viu pessoas ficarem felizes ao extremo porque uma grande soma de dinheiro vai para a sopa dos pobres ou o agasalho dos velhinhos? Alguém viu pessoas comemorarem porque um grande valor financeiro se destina à caridade, alcançando comunidades carentes?
Existe um ditado que diz "quando a esmola é muita, o santo desconfia". É uma anedota influenciada em mitos católicos, é verdade, mas ela traz uma lição. A de que, quando a oferta é boa demais, é bom desconfiar.
O "espiritismo" brasileiro se tornou uma fraude bem-sucedida, e podemos dizer que foi bem-sucedida ao extremo. O "espírita" pode mentir descaradamente, que os outros considerarão verdadeiro e sincero. A justiça dos homens não mexe nas fraudes "espíritas", passando todo o verniz de "amor e bondade" em uma doutrina que entende muito mal Allan Kardec; se é que realmente algum "espírita" se interesse em estudar a sua obra -…

Relatos do mundo espiritual no "Espiritismo" brasileiro servem para autenticar fantasia de "Nosso Lar"

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Para ganhar mais prestígio e atrair mais "ovelhas" para o "rebanho", o "Espiritismo" brasileiro lança mão de celebridades mortas e as coloca para "relatar" o que vira do outro lado da vida. Mas quando os relatos aparecem, é sempre a mesma estória, o mesmo enredo e com forte conteúdo igrejista, várias vezes temperados com fantasias absurdas.
A falta de estudo e o alto religiosismo do "Espiritismo" brasileiro nunca permitiram que se conhecesse o mundo espiritual de forma realista. É sempre aquele "céu" católico com algumas variações, quando na verdade é algo que não temos como imaginar, pela falta de referenciais que temos na Terra. Mas a título de comparação, o mundo espiritual pode ser apenas uma mudança de dimensão.
Não para os "espíritas" brasileiros. O "Espiritismo" brasileiros foi fundado por dissidentes católicos, tem um católico como seu maior "líder" e atrai uma m…

Chico Xavier ainda vai reencarnar muitas vezes

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Os admiradores de Chico Xavier normalmente não usam a lógica. Fiéis de uma igreja de fé cega, acreditam que Chico Xavier representava a perfeição absoluta e que foi o único brasileiro a encerrar a obrigação de reencarnar, indo viver "no céu" ao lado de Deus e de Jesus, parado "orando" pela humanidade. Nada mais igrejista que esta hipótese narrada bem ao modo dos contos de fadas.
Se esquecem os "espíritas" brasileiros e os admiradores de Chico Xavier que no planeta Terra, todos os espíritos pertencem a mesma ordem. Há os que se evoluem e mudam de categoria, tendo que reencarnar em planetas superiores. Mas este é o caso de muitos intelectuais e não o de Chico Xavier, que dava sinais claros de que era um espírito bem atrasado.
Xavier, como dissemos aqui e vamos continuar dizendo, era um cidadão comum que por ser paranormal, foi expulso da Igreja Católica e foi adotado pelo "Espiritismo" brasileiro que o transformou em atra…

Somente ignorantes acham que Kardec e Xavier eram o mesmo espírito

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
É fato de que Chico Xavier nunca foi a reencarnação de Allan Kardec. Não há possibilidade racional para isso. É muito mais provável que Xavier tenha sido Padre Anchieta, qualquer um dos "Sãos Franciscos"e até mesmo Jean Baptiste Roustaing. Enquanto faz mais sentido Kardec ter voltado como Stephen Hawking, Neil deGrasse Tyson e ate mesmo Richard Dawkings.
É bastante tola e sem fundamento a tese de que Xavier e Kardec eram o mesmo espírito. A própria doutrina lançada por Kardec traz muitas evidências que anulam essa possibilidade. Não vamos enumerá-las aqui, mas se estudar seriamente, verão que esta tese aceita por muitos "espíritas ingênuos" é impossível de ter acontecido.
Somente tolos e ignorantes acreditam na tese de que Xavier e Kardec eram um só. Os dois viviam se contestando o tempo todo. E Xavier representava um retrocesso, defendendo ideias muito mais retrógradas que Kardec, além de ter adotado uma postura mais submissa e alienada. …

Nós viemos com a lógica, eles com a ilusão

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Os defensores do médium Francisco Cândido Xavier devem detestar este nosso blog. Cegos pela admiração irracional pelo maior charlatão de todos os tempos (por conseguir enganar até mesmo gente prestigiada), não conseguem entender as evidências que provam que Xavier errou muito e acertou quase nada. 
Neste blog publicamos informações com base em evidências e em fatos. Este site não trabalha com fé. Não é a fé que nos faz acusar o médium. Nós não acusamos ninguém. Apenas informamos fatos. Denunciamos o que aconteceu na realidade e sempre que possível, colocamos provas. 
É crueldade tentar imaginar que este blog é calunioso. Nossos alertas são com base na lógica e no bom senso. Tem base inclusive nas obras de Allan Kardec que, mesmo discordando de Chico Xavier em quase tudo, ainda tem ingênuos que acreditam que os dois são a mesma pessoa, num verdadeiro atentado mortal contra a lógica e a lucidez dos fatos.
Chico Xavier nunca foi espírita e só entrou na doutrina …

Superioridade de Chico Xavier é uma farsa

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Cada religião tem seu conjunto de dogmas. Dogmas são lendas e preceitos, não raramente em desacordo com a lógica e com a realidade que são impostas a serem aceitas como condutoras da vida de quem concorda com eles. E o "Espiritismo" brasileiro, transformado em uma seita igrejista, lançou mão de criar os seus dogmas, já que recusou o estudo sugerido por Allan Kardec em suas obras.
Um dos dogmas é a superioridade de suas lideranças, transformadas em divindades vivas. Ignorando que todos os espíritos encarnados e desencarnados que habitam a esfera terrestre pertencem a mesma natureza espiritual, os fiéis da Igreja Espírita acreditam que espíritos de suposta evolução máxima reencarnam na Terra como missionários, escolhidos por Deus (??!!) com a "missão" de "ajudar a humanidade". É nesta categoria que inclui muitas personalidades do "Movimento Espírita".
Mas vamos ater a Chico Xavier, que é o foco deste site, se lembando que…

"Protegido" pela mídia "espírita", Rio de Janeiro sofre grave crise

Imagem
(Autor: Professor Caviar)

O Rio de Janeiro sofre uma grave crise. Sob todos os aspectos. Crise da saúde, crise educacional, crise política, crise financeira local, crise moral com a ação da trolagem na Internet, crise cultural com o fechamento ou a ameaça de extinção de espaços e instituições culturais, e crise de segurança, com muitos assassinatos ocorrendo na cidade, vitimando muitos inocentes de qualquer classe social.
O quadro de decadência do Estado do Rio de Janeiro e da sua famosa capital é vertiginoso e indica que não irá terminar tão cedo. A outrora Cidade Maravilhosa superou Salvador no ranking de cidades com maior número de desempregados no Brasil e superou São Paulo no topo das cidades mais poluídas do país. A cidade do Rio de Janeiro também é uma das cidades com custo de vida mais caro.
O Estado é "protegido" pela mídia "espírita". O mineiro Francisco Cândido Xavier é um ídolo no Estado. A antiga sede da Federação "Espírita" Brasileira, hoje…

"Nosso Lar" é desculpa para você continuar sofrendo

Imagem
(Autor: Professor Caviar)

O "espiritismo", através da figura de Francisco Cândido Xavier, é defensor da Teologia do Sofrimento, sádica ideologia baseada no mito de que as desgraças humanas são por si um "caminho para Deus", uma tese absurda que tenta fazer crer que os sofredores é que são beneficiados.
E aí vemos que o "espiritismo" feito no Brasil segue as diretrizes do Catolicismo medieval, e a ideia do "bem sofrer" trazida por Chico Xavier revela a relação sado-masoquista que a doutrina brasileira exerce sobre seus seguidores. Daí o azar e tantas desgraças que acontecem na vida dos que entram em contato com esta "doutrina do amor e luz".
Como tudo no "espiritismo" brasileiro é herdado do Catolicismo, é de praxe a sua concepção de Inferno, Purgatório e Paraíso, feita à maneira própria, como em outros ritos e dogmas católicos que são adaptados "à luz" (ou às trevas, só para evocar o teor medieval da doutrina) do &…

O discurso da humildade nem sempre quer dizer coerência

Imagem
(Autor: Professor Caviar)

Existe uma mania de deslumbrados religiosos quererem juntar todas as virtudes ideológicas, como quem junta brinquedos para pô-los no seu guarda-roupa.
No caso de Francisco Cândido Xavier, seus seguidores deslumbrados, teimosos e intransigentes, apegados e obsediados pela figura ideológica do "bom velhinho", incapazes de buscar bons exemplos de progresso humano em outras fontes mais confiáveis, tentam transformar o confuso "médium" na pretensa síntese de todas as qualidades positivas humanas.
Constroem sua Torre de Babel para seu céu de vaidades místicas e politicamente corretas transformando no seu "velocino de ouro" um homem confuso e cheio de contradições que o pessoal teima em ser mantido no pedestal. Para os chiquistas, o Brasil pode até se dar muito mal, desde que o mito de Chico Xavier seja preservado intato. 
É como se uma hecatombe varresse o Brasil e só poupasse o mausoléu do "médium" em Uberaba, Minas Gerais.…