Pular para o conteúdo principal

Relatos do mundo espiritual no "Espiritismo" brasileiro servem para autenticar fantasia de "Nosso Lar"

(Autor: Kardec McGuiver)

Para ganhar mais prestígio e atrair mais "ovelhas" para o "rebanho", o "Espiritismo" brasileiro lança mão de celebridades mortas e as coloca para "relatar" o que vira do outro lado da vida. Mas quando os relatos aparecem, é sempre a mesma estória, o mesmo enredo e com forte conteúdo igrejista, várias vezes temperados com fantasias absurdas.

A falta de estudo e o alto religiosismo do "Espiritismo" brasileiro nunca permitiram que se conhecesse o mundo espiritual de forma realista. É sempre aquele "céu" católico com algumas variações, quando na verdade é algo que não temos como imaginar, pela falta de referenciais que temos na Terra. Mas a título de comparação, o mundo espiritual pode ser apenas uma mudança de dimensão.

Não para os "espíritas" brasileiros. O "Espiritismo" brasileiros foi fundado por dissidentes católicos, tem um católico como seu maior "líder" e atrai uma multidão de católicos que por acreditar em reencarnação e comunicação com os mortos, entra no "Espiritismo" largando a sua igreja original, mas sem largar seus dogmas e personalidades.

E justamente um livro escrito por um "líder 'espírita'" que nunca deixou de ser católico, rezava terço, cultuava Maria, a mãe de Jesus, e tinha uma concepção igrejista do mundo espiritual, tem servido de molde para inúmeras pseudo-comunicações que ao invés de narrar o mundo espiritual, reforçam a fé cega e a concepção católica do céu e do inferno, satisfazendo as taras interiores dos católicos enrustidos que fingem serem "kardecistas" sem estudar rigorosamente as obras de Allan Kardec.

O livro Nosso Lar, considerado como "a Bíblia" dos "espíritas", assinada por um personagem fictício, "André Luiz", que também é personagem do livro, narra de forma surreal e completamente incompatível com a doutrina, a evolução rápida do tal "espírito" que em apenas oito anos terrestres passa de espírito "trevoso" a "espírito puro" se precisar reencarnar, ficando apenas internado em uma espécie de misto de hospital e shopping center onde varias coisas materiais (??!!) acontecem.

Basicamente é esta a estória do livro e tem servido de molde para as supostas psicografias de famosos que aprecem de forma irresponsável por centros "espíritas" pelo mundo a fora. Se Chico Xavier, apesar do prestígio, já era um baita farsante por não ter estudado a doutrina e ter levado erros adiante, imagine os picaretas que surgiram depois, tão mentirosos quanto o médium de Pedro Leopoldo, mas sem a fama e o (falso) prestígio.

E tomem muitos relatos falsos com nomes de mortos famosos (teremos uma psicografia de David Bowie? Nãããããoooo!!! Esqueçam!), falando de santos, fé e de um Jesus católico, com uma boa dose de fantasias e moralismo frouxo. Uma das psicografias fala até em "dragões no mundo espirital". Outra, estranhamente atribuída a um espírito que foi ateu em vida, faz apologia do Cristianismo. Quase todas incoerentes com a personalidade dos espíritos atribuídos, mas com fortes traços da personalidade dos médiuns, o que facilmente sugere prática de charlatanismo explícito. Se médiuns são "médiuns", a personalidade do espírito deveria estar intacta nas mensagens.

Mesmo com algumas variações, todas seguem basicamente o roteiro de Nosso Lar. Impossível não interpretar estas psicografias como propaganda do livro e da deturpação doutrinária. Com certeza, estas psicografias servem como forma de dizer que a fantasias narradas em Nosso Lar são "reais e verdadeiras", fazendo as pessoas a comprarem o livro pensando ser informação doutrinária. E não é. Na melhor das hipóteses, Nosso Lar é ficção científica ruim sobre uma fantasia que só existiu na mente de seu autor.

Na verdade nada se sabe dobre o mundo espiritual. O "Espiritismo" brasileiro emperrou os estudos doutrinários em troca de um igrejismo bobo e um moralismo inútil que torna o mundo espiritual cada vez mais desconhecido e difícil de se compreender. Mas não são fantasias como Nosso Lar e psicografias falsas com nomes de famosos que revelarão isso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

(Autor: Professor Caviar)
Na madrugada de ontem, numa serra na Colômbia, um trágico acidente ceifou quase todos os ocupantes de um avião que levava a equipe catarinense Associação Chapecoense de Futebol, time conhecido como Chapecoense ou, simplesmente, Chape.
No acidente, inicialmente 75 pessoas faleceram. A maioria dos jogadores do Chapecoense, parte da tripulação boliviana que estava no avião, jornalistas e dirigentes esportivos. Apenas seis pessoas foram resgatadas com vida. O famoso zagueiro Neto foi resgatado com vida, e está sob cuidados médicos.
A tragédia comoveu o mundo inteiro e revelou um sonho interrompido de um time em ascensão. Consta-se que o Chapecoense era melhor do que muito time festejado que vence fácil qualquer torneio, e seu time era considerado de grande entrosamento. Com a perda de muitos desses jogadores, o time terá que recomeçar a temporada de 2017 do zero, provavelmente aproveitando jogadores juvenis.
Sob a ótica "espírita", fala-se que o aciden…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…