Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Ninguém precisa de Chico Xavier e de Divaldo Franco

(Autor: Kardec McGuiver)
O culto a personalidades favorece um tipo de apego quase narcótico a lideranças, criando uma dependência que faz com que muitas pessoas não consigam enxergar a realidade, pensando ser essas lideranças as responsáveis pela organização da mesma.
Mas isso se deve ao cacoete de acharmos que tudo é feito por pessoas. Nunca estudamos Magnetismo e for educados a crer que tudo depende de seres humanos para ser feitas. Por isso que os seguidores mais ingênuos daquilo que os brasileiros conhecem como "Espiritismo" fazem questão de defender e proteger Chico Xavier e Divaldo Franco, notórios falsos profetas.
Os admiradores dessas duas lideranças demonstram uma falta de coragem de pesquisar e analisar o que esse nomes ilustres fazem em prol - ou contra - a doutrina. Mas sabem os admiradores que Chico e Divaldo são intrusos católicos que destruíram o Espiritismo original para por um seita igrejeira no lugar. Estimularam o distanciamento cada vez maior Kardec, ape…

Apoio de Divaldo Franco à Operação Lava Jato é gravíssimo. É apoiar o Estado de Exceção

(Autor: Professor Caviar)
As esquerdas que acreditam no "espiritismo" brasileiro vivem do habitual wishful thinking que só está lhes causando problemas. As forças progressistas, seduzidas por certos fenômenos que acreditam estarem ligados a gente humilde, mas não estão, como o "espiritismo" e o "funk" - um ritmo dançante comercial que nunca deveria ter sido levado a sério, mas foi levado a sério demais - , deixam tudo a perder por conta dessa adoração aos "cavalos de troia" da sociedade do espetáculo.
Tomadas de wishful thinking, elas pensam a realidade não como ela é, mas como desejariam ser. E como recebem uma narrativa oficial sobre os "médiuns espíritas", inseridos em cenários floridos típicos de Teletubbies ou cercados de crianças brincalhonas e alegres, idealizam apenas coisas agradáveis desses ídolos da fé (ir)raciocinada.
Francisco Cândido Xavier e Divaldo Pereira Franco são alvos de muita idealização. A reputação deles repous…

Divaldo Franco, o homem que esnoba Allan Kardec

(Autor: Professor Caviar)
Nunca foi fácil se ascender na vida, ir longe demais no prestígio social, virar uma pretensa unanimidade e se tornar quase um deus aos olhos da humanidade da Terra. Nesse sentido, roubar doce de criança se torna uma tarefa bastante sem graça, diante de tantas facilidades que as conveniências da vida podem oferecer.
Nem Marcelo Nascimento, hoje empresário e outrora um dos maiores golpistas do país (retratado no famoso livro e filme Vips), foi tão longe assim. O suposto médium baiano Divaldo Franco, roustanguista de carteirinha, malabarista das palavras e o maior inimigo interno do Espiritismo, conseguiu com toda sua sorte se passar por "herdeiro de Allan Kardec", mesmo cometendo graves traições ao legado deixado pelo professor lionês.
Muitos acham chocante falar coisas sombrias sobre esse "admirável médium". Não deveria ser assim. Chocante é um oportunista desses, explorador da fé alheia, ter atingido uma projeção quase divina, virando uma…

Fato de Chico Xavier evitar "psicografar" Machado de Assis indica fraude em 'Parnaso de Além-Túmulo'

(Autor: Professor Caviar)
Algo muito estranho na suposta psicografia literária de Francisco Cândido Xavier é que ele, na época em que esta produção estava a pleno vapor - como as obras Parnaso de Além-Túmulo e a suposta série Humberto de Campos / Irmão X - , evitou "psicografar" obras atribuídas a Machado de Assis, um dos maiores escritores brasileiros e bastante popular em seu tempo.
O fato dele não ter aparecido na antologia poética de 1932 causa estranheza. Machado de Assis publicou poemas em vida. Parnaso de Além-Túmulo incluiu textos em prosa. O prestígio e o carisma do escritor de Memórias Póstumas de Brás Cubas e um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras era notório e ele teria sido incluído na "plêiade" literária, se ela tivesse realmente sido autêntica. Afinal, outro fundador da ABL, Olavo Bilac, tem seu nome creditado num dos poemas. E, mais tarde, o próprio Chico Xavier se apropriaria de Humberto de Campos, outro ilustre membro do clube literár…

Por que é perigoso o apelo emocional dos "médiuns espíritas"?

(Autor: Professor Caviar)
É extremamente perigoso e grave o apego que os brasileiros têm aos "médiuns espíritas", únicos aos quais se permite tudo: fazer textos fake creditados a autores mortos, fazer Assistencialismo como se fosse Assistência Social - o Assistencialismo só "alivia a dor" da pobreza, sem curá-la profundamente, do contrário da Assistência Social - e exercer o culto à personalidade e promover paixões religiosas mesmo condenando, no discurso, essas duas práticas.
O perigo está na subordinação, na submissão, e na confiabilidade cega dada a pessoas sem o menor mérito de confiança. Afinal, os "médiuns" são famosos por deturpar o Espiritismo, empastelar o legado que com muito trabalho o pedagogo Allan Kardec fez, desfigurando a Doutrina Espírita que no Brasil foi rebaixada a uma forma repaginada do Catolicismo medieval português, trazido pelos jesuítas no período colonial.
A fascinação obsessiva - tipo de obsessão já alertado por Allan Kardec -…

"Espíritas" felizes com prisão de Lula. "Agora a regeneração começa"

(Autor: Saddam Hayek)
O "Espiritismo" brasileiro é uma religião de elite. Cerca de 75% dos seguidores pertencem a classe média, muitos ganhando relativamente bem. Muitos tem diploma de nível superior, o que não significa inteligência, do contrário que possa parecer. O repertório dogmático do "Espiritismo" brasileiro é cheio de ideias sem pé nem cabeça e quase todas as comunicações são fraudes, seja do médium seja do espírito comunicante cuja identidade não é tecnicamente verificada.
Esta religião elitista escolheu o lado do conservadorismo, embora atraia a admiração de progressistas. Apesar de estigmatizada como a "religião da caridade", como se só existisse para ajudar os mais carentes, defende formas de altruísmo paliativas e que não interfiram nos privilégios das classes dominantes admiradas pela classe média que segue a seita.
Por não compactuar de fato com o bem estar generalizado de todos mas com um aforma de caridade que além de atingir alguns, nã…

Poema de Homero já alertava sobre as tentações emotivas. E os brasileiros, hoje, apegados aos "médiuns"

(Autor: Professor Caviar)
Na Antiguidade Clássica, já houve um enredo no qual alertava sobre o perigo das tentações. Esse perigo foi compreendido pela metade, considerando o aparato sexual da narrativa poética, porque não se percebe que as piores tentações nem sempre vêm do sensualismo e da sedução mais orgiástica.
A Odisseia, poema atribuído a Homero, foi uma grande obra da Antiguidade Clássica que sobreviveu aos nossos tempos e narra as aventuras do guerreiro Ulisses. Em dado momento, enquanto ele navegava pelas águas, é tomado de sedução por um trio de sereias, consideradas monstros mitológicos que, marcados pelo aparato da beleza e do canto sedutor e hipnótico, levaram muitos navegadores à perdição, morrendo afogados no mar.
A interpretação mais comum se refere às tentações do sexo, superestimando a figura das sereias, narradas como se fossem mulheres belas, porém traiçoeiras. Poucos conseguem ir além, alertando para o perigo dos apelos emocionais de certas religiões, que podem s…

Esquerdistas podem pôr tudo a perder apoiando "espiritismo" igrejista

(Autor: Professor Caviar)
A imagem de "progressista" do "espiritismo" brasileiro é só fachada. Os "espíritas" fazem apologia ao sofrimento humano, abraçando a causa da Teologia do Sofrimento com muito gosto, adotam moral conservadora que inclui a reprovação generalizada do aborto - o aborto é uma das pautas caras das esquerdas - e ainda criminalizam e culpabilizam a vítima, através de teses como os "reajustes espirituais", feitas ao arrepio da Ciência Espírita.

Fala-se nisso na véspera do julgamento do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, evento que pode trazer impacto para a corrida presidencial deste ano. As esquerdas apostam na absolvição de Lula, hipótese pouco provável vide a Justiça tendenciosamente hostil a ele, seguindo o coro dos oposicionistas que querem o ex-presidente posto na cadeia "na marra".
É preocupante o apoio das esquerdas a ícones…

Comentário deslumbrado e igrejista publicado na mídia de esquerda

(Autor: Professor Caviar)
A mídia de esquerda precisa resolver sua situação ao apoiar o "espiritismo" brasileiro, que, na verdade, nada tem de progressista, mas sim de altamente conservador.
Isso não é uma declaração de "Fla X Flu" ideológico nem de qualquer calúnia imaginária. Está nos textos e depoimentos de Francisco Cândido Xavier, Divaldo Franco, nas palestras "espíritas", nos livros etc: apologia ao sofrimento, condenação ao senso crítico, criminalização da vítima pelos "reajustes espirituais", condenação ao aborto até em caso de estupro e outras pautas conservadoras.
O problema está nos esquerdistas, que, para explicar algum esquerdismo imaginário que dizem ver em Chico Xavier e Divaldo Franco - até agora os "espíritas" estão se coçando diante das fotos de Divaldo com João Dória Jr. e sua "farinata" - , estão tão perdidos quanto o Poder Judiciário no trato das leis. Setores das esquerdas se perdem no wishful thinking …

Retratação em favor do "espiritismo" brasileiro não é sinal de força, mas de medo

(Autor: Professor Caviar)
Há muitos e muitos casos de gente cética e questionadora, que de repente se rende aos "encantos" do "espiritismo" brasileiro, passando a se submeter ao seu igrejismo.
Casos assim são inúmeros e os "espíritas", ou mesmo os leigos que são simpatizantes a essa doutrina de matriz roustanguista (apesar das bajulações a Allan Kardec), definem tal atitude como "um ato de coragem, de perdão e da força da fé espírita".
Chegam mesmo a dizer que pessoas que se rendem ao "espiritismo" brasileiro, jogando fora o antigo ceticismo ou mesmo os questionamentos movidos pela lógica e pelo bom senso, são "fortes" e "perseverantes". Mesmo quando os questionamentos estejam mais próximos da lógica recomendada por Allan Kardec do que os devaneios igrejistas defendidos pelos "espíritas" brasileiros, acredita-se que a chamada retratação ao "espiritismo" brasileiro é uma "vitória da doutrina…

Articulista do Jornal GGN comete equívocos sobre a "psicografia" de Humberto de Campos

(Autor: Professor Caviar)
Infeliz é a complacência da mídia esquerdista com os deturpadores do Espiritismo. Uma certa condescendência com os "médiuns" deturpadores, como os direitistas Francisco Cândido Xavier e Divaldo Pereira Franco, às custas de paradigmas "progressistas" que não passam de narrativas montadas pela mídia reacionária, já que a imagem de "caridosos" dos "médiuns espíritas" na verdade sempre foi uma narrativa fabricada pela Rede Globo de Televisão (e isso não é fake news, é uma constatação comprovada por fatos, pelo apoio que o jornalismo da Globo deu a Chico, Divaldo e companhia).
Isso cria situações vexaminosas por parte dessa mídia. É o que vemos no caso do Brasil 247 e Jornal GGN, portais de Comunicação conceituados que, todavia, ao contratar colaboradores ligados ao "espiritismo", acabam cometendo o dado constrangedor de apoiar "médiuns" conservadores, como um Chico Xavier que apoiava a ditadura militar …

'Fake news' no Brasil da psicografia 'fake'

(Autor: Professor Caviar)
A revista Veja, na edição lançada na última semana mas datada de 17 de janeiro próximo, tem como capa o problema das fake news, um fenômeno preocupante que anda se multiplicando não só nas redes sociais, mas também em várias páginas surgidas na Internet, como falsos portais de notícias: Diário do Poder, Jornalivre, Imprensa Viva, Pensa Brasil, Folha Política, Gazeta Social, Implicante, Jornal do País são alguns dos principais sites de fake news produzidos no Brasil.
As fake news são geralmente páginas de extrema-direita, com notícias falsas e tendenciosas, contendo forte carga opinativa e apelo sensacionalista, falsamente defendendo a pátria brasileira e contendo propostas abertamente golpistas.
Muitas dessas páginas são patrocinadas e recebem dinheiro por fora de empresas. Essas páginas causam muita empolgação nos reacionários das redes sociais, sobretudo os partidários do truculento Jair Bolsonaro, que muitas dessas páginas o glorificam através de notícias…

Por que todos nos calamos!

OBS.: O texto, publicado em algumas páginas na Internet, nos alerta sobre o silêncio e o consentimento em relação à deturpação do Espiritismo, um processo maligno que cresceu tanto que hoje até o Espiritismo autêntico se tornou refém dos deturpadores, sobretudo "médiuns" que, por sinal, adoram apelar para outros aguentarem as adversidades em silêncio.
==========
Por que todos nos calamos!
(Autor: Marcelo Henrique)
Primeiro eles vieram com a exaltação à "santidade" e a "pureza", ou "perfeição" do homem de Nazaré. Deturparam textos de Kardec, com traduções bizarras. E você se calou!
Depois, resolveram editar "Os quatro evangelhos" e, massificadamente, utilizaram o expediente da publicidade em sua "revista oficial", a da Reforma - não por acaso - divulgando a obra com seu epíteto "a revelação da revelação", porque "precisavam" de "novidades". E você se calou!
Então, foram introduzindo livros, ditos psic…