Pular para o conteúdo principal

Inventar acertos de Chico Xavier, tudo bem, mas falar dos erros reais, não pode?

(Autor: Kardec McGuiver)

Chico Xavier é considerado um semi-deus pelos seus admiradores. Para eles é um ser com inúmeros privilégios que mesmo sem saber nada e escrevendo livros cheios de erros absurdos, encerrou malandramente a sua encarnação e ficou "no céu" feito um paxá, sentado do lado do "Jesus" mítico, "de plantão" para "ajudar" não se sabe como as pessoas "que sofrem".

E por ser um semi-deus, teve direito a privilégios. É o único ser humano a não responder pelos seus erros, que devem ser assumidos por terceiros. Em compensação, inventa-se acertos quase surreais a respeito do médium irresponsável e todos aplaudem, por mais absurdo que pareça.

Para muitos, Xavier é o codificador que retornou, mesmo para negar tudo o que escreveu. Leia atentamente as obras da codificação e depois os livros assinados pelo médium para sentir a gigantesca disparidade, não raramente oposta entre os dois, considerados pelos tolos como um só. Um absurdo que os tolos ainda insistem em defender por lhes dar mais doses do iludido conforto.

Frases e mais frases de Xavier são postas nas redes sociais. Elas não diferem em nada das bobagens que lemos nos livros de auto-ajuda (que tem esse nome por ajudar mais os próprios autores do que quem os lê), mas quem as posta, geralmente pessoas incapazes de melhorar a sociedade, acha que vai mudar o mundo postando essas tolices, que em sua maioria estimulam o conformismo.

Críticos dos pentecostais se esquecem que Xavier fez o mesmo. Que o dinheiro de seus livros nunca foi ara a caridade, senão dos abastados líderes da FEB. Se a caridade de Xavier fosse real, vista responsabilidade gerada pelo seu prestígio e a quantidade de livros vendidos, sentiríamos uma transformação grade na sociedade brasileira. Não sentimos e pelo contrário, ele está cada vez pior. 

A quantidade de pessoas carentes só aumenta e cada dia nos convencemos que a caridade estereotipada é inútil. Precisamos de grandes transformações sociais, mudanças de conceitos e leis mais justas. Coisas que a caridade conformista ensinada pelo semi-deus Chico Xavier é incapaz de fazer. Sopinhas e mensagens lindas não melhoram a vida de ninguém.

Infelizmente, ainda endeusam este farsante e filantropo inerte. Católico que nunca entendeu o Espiritismo e senso um médium irresponsável (uma tábua Ouija humana), se arriscou a psicografar bobagens ditadas por espíritos farsantes que mentiam sobre suas identidades (os afins se atraem), nunca fez caridade de fato e de graça ganhou o título de "homem mais bondoso do mundo" ou "homem-amor", para que um rebanho de ovelhas iludidas tivesse um mito para idolatrar e tomar como babá, já que devotos não sabem andar com as próprias pernas.

Chico Xavier é ainda uma grande ilusão a enganar os incautos. Não sabemos quando sua enorme influência nefastamente ilusória irá acabar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …