Pular para o conteúdo principal

Chiquismo enfraquece na internet, mas fora da rede ainda resiste

(Autor: Profeta Gandalf)

O Espiritismo brasileiro, que ao invés de seguir as orientações de Allan Kardec (apesar de se assumir como "kardecista"), prefere cultuar o médium mineiro Chico Xavier e seguir o que está escrito em seus livros ou em outros psicografados por seus discípulos, começa a enfraquecer na internet, graças aos debates que tentam devolver à doutrina as origens kardecianas, demonstrando que Xavier e seus seguidores estão totalmente em desacordo com os pontos originais da doutrina.

Felizmente os debates vem desestimulando aos poucos o culto a tudo que está errado na versão deturpada da doutrina. Claro que ainda há chiquistas fanáticos, pois como religião igrejeira, tão dogmática como as outras (fé "raciocinada" da boca pra fora), a contestação a dogmas incomoda e até irrita, por estimular uma submissão cega a uma espécie de "liderança" invisível (na verdade inexistente). Mas os debates tem mostrado avanços, pois através do discernimento, muita gente tem repensado seus conceitos.

Mas isso não é nada demais. Até porque as contestações a Chico Xavier não são coisa inventada: está nos livros de Allan Kardec. Um estudo sério e detalhado da obra do professor francês demonstra que o chiquismo na verdade é uma tentativa não assumida de atualizar o Catolicismo, a verdadeira fé do famoso médium e dos espíritos de freis e padres que ditam as normas do que as pessoas erradamente conhecem como Espiritismo. Questionar Xavier não só é bom como necessário, uma caridade até. Pois desfazer enganos também é uma prova de amor ao próximo.

Mas fora da internet, onde o debate ainda não obteve força, o chiquismo ainda está forte, embora tenha crescido em números insignificantes. A FEB, a criadora do mito Chico Xavier, afirma que aquilo que ela entende como Espiritismo é a religião que mais cresce no país. Uma mentira, se observarmos os fatos:

1) O IBGE afirma que os que o número dos que se declararam como espíritas não aumentou sequer 1,0% em 70 anos.
2) Temos que levar em conta que entre os que se declaram como tal, podemos encontrar:
 - Católicos que frequentam centros.
 - Seguidores das religiões afro-brasileiras que pro medo de preconceito, se assumem como "espíritas", mesmo cultuando coisas completamente diferentes.
 - Pessoas que vão a centro apenas para procurar resolver seus problemas.
 - Leitores das obras psicografadas.
 - Pessoas com mediunidade manifestada.
 - Admiradores de Chico Xavier, de qualquer religião ou sem religião.
3) A influência do "Espiritismo" brasileiro nada tem ajudado a melhorar a sociedade, estimulando a fé cega, sem questionamento, e se limitando a caridade estereotipada e paliativa, que já estava sendo feita pelas outras religiões, sem transformar na prática, a vida de ninguém.

Ou seja, o Espiritismo brasileiro, mesmo o chiquista, é muito menos popular e ativo do que parece, o que justifica a estranheza do cultuado médium mineiro a escolher a data de sua morte, em 2002, "para não ser percebido" pela humanidade. Tolice.

A falta de debate fora da internet ainda estimula o chiquismo entre os que não se utilizam da rede de computadores. A mídia oficial ainda difunde a ideia de que no Brasil, "Espiritismo" é sinônimo de Chico Xavier. Kardec ainda é um total desconhecido e seu nome só é utilizado como uma espécie de "cartório" para dar autenticidade as ilusões defendidas por Xavier e por muitos médiuns e palestrantes que seguem as "orientações" do médium mineiro. Kardec ainda é considerado "ultrapassado" na opinião dos devotos de "São Chico Xavier".

Os tempos atuais exigem cada vez mais discernimento. É triste ver a religiosidade cega crescendo nos dias de hoje. O chiquismo merece ser contestado também fora da internet, mas a influência da FEB nos centros ditos espíritas é ainda muito poderosa. 

É um ato de caridade, embora não pareça, desmistificar Chico Xavier, procurando criticar - com firmeza, mas sem ofensas - toda vez que alguém mencionar o médium como uma "liderança" a ser seguida e obedecida. Sei que é difícil corrigir um erro que durou mais de 70 anos e ainda persiste. Mas temos que ter a coragem necessária para que ainda possamos estimular o desenvolvimento intelectual tão necessário à evolução do planeta e que a FEB, Chico Xavier e seu séquito de seguidores travaram para poder satisfazer suas crenças em um Neocatolicismo enrustido que muito confunde e em nada esclarece.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …