Pular para o conteúdo principal

O formalismo e o excesso de respeito nas comunidades e fóruns sobre Espiritismo

(Autor: Profeta Gandalf)

Um hábito que dura muito tempo sempre custa a desaparecer. Pessoas se acostumam com certas circunstâncias que fica difícil largar certos hábitos. Em certas situações, convencionou-se a associar a estas, certas atitudes.

Um desses hábitos é o formalismo exagerado das comunidades e fóruns sobre Espiritismo, mesmo os que combatem os erros e a influência duvidosa da FEB, que preferiu inventar um outro tipo de Espiritismo, do que seguir fielmente a doutrina codificada por Allan Kardec.

Nestas comunidades, se deve limitar muito o linguajar. É óbvio que ofensas, palavrões, bobagens e assuntos alheios ao foco dos fóruns sempre devem ser evitados. Mas o que noto é que além do que eu acho ser justo não aparecer nesses fóruns, os membros e moderadores exigem um formalismo estranho que na prática, acaba desviando o foco de outra forma, evitando críticas a erros das deturpações doutrinárias e proibindo a iconoclastia. Ou seja, se um nome responsável pela deturpação é um nome consagrado, merece um respeito quase sacro, como se ele fosse uma divindade. Como se o erro cometido por ele não fosse de sua responsabilidade (o Espiritismo alerta que cada um é responsável único pelos seus atos).

Fica parecendo uma maçonaria, uma reunião de líderes de uma cúpula. Muito formalismo, excesso de respeito, medição de palavras, coisas que na verdade , só limitam o verdadeiro objetivo de destruir os erros da deturpação doutrinária. Se ficarmos presos no formalismo, as críticas se esvaziarão e tudo ficará na mesma, já que mudanças radicais exigem atitudes radicais. Se ficarmos de floreamento, a única coisa que vai acontecer e nascer flores ao redor daquilo que queremos criticar.

Respeito não é isso, não necessita de formalismo. Até porque grupos e fóruns não são autarquias governamentais e sim integrantes de serviços que qualquer pessoa pode usar através da internet. Se houver a necessidade de críticas duras, que haja, desde que se evite calúnias, ofensas e se mantenha no limite do bom senso. Formalismo e excesso de respeito limitam qualquer debate e no final as coisas permanecem como estavam antes da criação do fórum. Tudo na mesma, com palavras lindas barrando mensagens inteligentes.

Jesus mesmo era duro em suas críticas. Kardec também usava algumas palavras fortes para definir o que estava errado. José Manoel Barboza sabia criticar com firmeza em suas palestras. Porque nós não podemos também criticar fortemente, deixando que o erro cresça com nossa falsa candura?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …