Pular para o conteúdo principal

A falácia do "Coração do Mundo"

(Autor: Kardec McGuiver)

Países são divisões políticas estabelecidas entre os homens por meio de acordos. Os limites estabelecidos não são sagrados, são mutáveis e a divisão ou junção de nações pode beneficiar ou não as população dependendo do contexto e não da divisão em si. 

Na verdade não existe a ideia de pátria. É um conceito inventado pelos humanos que se assemelha ao amor que se tem a uma casa. Mas ninguém vive na mesma casa eternamente e uma casa pode sofrer alterações, se expandir ou se reduzir, para satisfazer quem vive nela.

O Espiritismo não aprova o sentimento de patriotismo. Para o verdadeiro espírita, pátrias não existem e cada país é como foi mencionado no primeiro parágrafo: divisões político-geográficas que correspondem a acordos firmados entre seres humanos.

Mas, copiando os Estados Unidos, cuja sociedade tem a tradição de divinizar a pátria, os brasileiros entenderam que é honra divinizar o Brasil, tratando a pátria como algo indivisível que merece ser adorado com o maior fanatismo possível. 

A pátria virou uma entidade abstrata que merece ser bem tratada mesmo que a vida de sua população seja a pior possível. Seus símbolos, sua cultura e seus estereótipos são considerados mui mais importantes que seu povo. Em suma, a Pátria é o segundo Deus em que as pessoas acreditam.

E Chico Xavier, beato crédulo, que por isso transformou a razão em supérfluo, acreditava na pátria como divindade. Ingênuo, pensava que o Brasil seria o maior país do mundo pelo simples fato de ser religioso, tratando como certeza uma mitologia religiosa que a razão demoliria sem hesitar.

Ele inventou esse ilusão chamada de "Coração do Mundo" (como se coração é que pensasse, e não o cérebro), uma tolice sem pé nem cabeça que é incompatível com a realidade observada no país desde o seu descobrimento, narrado no livro escrito pelo médium ingênuo como se fosse uma fantasia, um  conto-de-fadas.

Por isso mesmo muitos falsos-espíritas, crentes no que diz seu mestre-maior, o médium-intruso, embarcaram na canoa furada do patriotismo "espírita". Confiantes no médium que acreditam ser sábio (um sábio que não pensa, fale lembrar), trataram logo de, ai invés de eliminar, reforçar esse patriotismo tolo que é totalmente contraditório ao verdadeiro Espiritismo, já que patriotismo é sentimento MATERIALISTA. Pátrias são divisões materiais, estabelecidas por seres humanos ENCARNADOS. Não é compatível com a doutrina o sentimento de patriotismo.

O que o Espiritismo recomenda é o amor à pessoas e ao meio ambiente. O culto a divisões estabelecidas politicamente são materiais e transitórias. Países podem muito bem ser fragmentados como aconteceu com a União Soviética. Certamente o que aconteceu na URSS seria visto como grave heresia se fosse feita no Brasil, um país cujos problemas são agravados pela imensa unidade territorial. 

Os estados do Brasil seriam muito melhor desenvolvidos se não pertencessem a um mesmo país. Mas a grandiosidade do país favorece a grandiosidade dos problemas, injustiças e corrupção que existem há anos no Brasil. Mas fazer o quê? As lideranças não querem, o povo submisso também não quer. Fica tudo como está, sendo o Brasil uma forma de divindade em forma de terreno, protegida pelo "deus" Chico Xavier, o simpático enganador tão amado por todos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

(Autor: Professor Caviar)
Na madrugada de ontem, numa serra na Colômbia, um trágico acidente ceifou quase todos os ocupantes de um avião que levava a equipe catarinense Associação Chapecoense de Futebol, time conhecido como Chapecoense ou, simplesmente, Chape.
No acidente, inicialmente 75 pessoas faleceram. A maioria dos jogadores do Chapecoense, parte da tripulação boliviana que estava no avião, jornalistas e dirigentes esportivos. Apenas seis pessoas foram resgatadas com vida. O famoso zagueiro Neto foi resgatado com vida, e está sob cuidados médicos.
A tragédia comoveu o mundo inteiro e revelou um sonho interrompido de um time em ascensão. Consta-se que o Chapecoense era melhor do que muito time festejado que vence fácil qualquer torneio, e seu time era considerado de grande entrosamento. Com a perda de muitos desses jogadores, o time terá que recomeçar a temporada de 2017 do zero, provavelmente aproveitando jogadores juvenis.
Sob a ótica "espírita", fala-se que o aciden…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…