Pular para o conteúdo principal

A Revolução da Sopinha

(Autor: Kardec McGuiver)

As religiões foram criadas como meio de homens usarem a divinização para dominar outros nomes. Consistem em um repertório de dogmas absurdos narrados como se fossem contos de fadas, mas confundidos com a realidade, sendo considerados por muitos como "fatos históricos".

Para se protegerem e manterem sua hegemonia de pé, as religiões inventaram um motivo para permanecerem intactas perante as possíveis críticas dos absurdos de seus dogmas e da prepotência de suas lideranças: se associar a caridade.

Forjar o trabalho do bem e divinizá-lo foi uma medida bem sucedida de transformar e consagrar as religiões como guias e tutoras da humanidade. E mesmo que o trabalho filantrópico das religiões se limite ao paliativo, como tem sido de fato, essa associação com a divinização a faz uma forma de caridade muito mais admirada e defendida pelos que acreditam neste tipo de filantropia.

Pessoas não ligadas as religiões que tomem atitudes muito mais eficientes de ajudar o próximo, eliminando problemas e criando meios destes não se reciclarem, não são muito admiradas porque não há "aquela aura" que a filantropia religiosa tem. Tem algo de mágico na sopinha dada nas igrejas e centros "espíritas" que não tem na filantropia político-econômica, esta mais realista e eficiente.

Por isso mesmo que personalidade religiosas como Chico Xavier são assim tão admiradas como filantropos máximos, sem mover um só dedo pela transformação social. A divinização embutida no médium, tratado como quase um Deus lhe dá pontos a mais em sua reputação, o que permite que ele possa ser muito mais respeitado e defendido por ter oferecido uma mera sopinha a carentes do que outro que tenha lutado firme para que estes carentes tenham condições de uma vida digna, com salário, moradia e qualidade de vida garantidas.

É a "Revolução da Sopinha", que faz com que as instituições religiosas representem formas de caridade que, embora paliativas e ineficazes, aparecem mais aos olhos das pessoas ingênuas por causa do caráter divino atribuído a elas. É uma caridade que não muda, não melhora, mas provoca grandes comoções coletivas.

E desta forma as religiões vão ampliando seu poder e aumentando o rebanho de ovelhas ingênuas que as seguem cegamente confiando em absurdos aceitos como realidade, pensando que meras sopinhas aguadas e outros consolos paliativos irão transformar o mundo para melhor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …