Pular para o conteúdo principal

Chico Xavier deveria ter parado de brincar com os filhos mortos de mães desesperadas


(Autor: Kardec McGuiver)

Uma das "muitas qualidades" que o "deus" dos pseudo-espíritas Chico Xavier tinha era o de se propor a tentar entrar em contato com os filhos mortos de senhoras desesperadas. Ao invés de consolá-las de forma responsável, referiu levar a brincadeira adiante e tentar se comunicar com os ditos cujos, ignorando que:

- Cada caso é um caso e muitos filhos podem não estar disponíveis para comunicações, por terem reencarnado ou estarem em planos distantes ou simplesmente sem interesse em se comunicar.

- A comunicação só deveria ser em última e extrema necessidade, pois há risco gigantesco de atração de espíritos mistificadores, incluindo obsessores dos filhos mortos que podem aproveitar-se da ignorância e do desespero da mãe-viúva para satisfazer sua mesquinharia.

Sabe-se que Chico Xavier nunca estudou Espiritismo, sendo um católico que conseguia falar com mortos e que entrou na doutrina como um penetra e foi manipulado para virar "líder". Ignorou as lições de Kardec e preferiu escrever livros que negavam totalmente as recomendações do professor lionês. Ganhou prestígio e influência graças a sua adequação a estereótipos de bondade e sabedoria que na pratica foram comprovados como falsos, enganando até hoje muitos seguidores e admiradores.

Essa falta de intimidade com a doutrina gerou uma irresponsabilidade que o permitiu brincar de mediunidade em oportunidades tão arriscadas quanto as "brincadeiras do copo" que adolescentes costumam fazer nas madrugadas de tédio. Mas o prestígio angariado pelo médium dá uma ilusão de responsabilidade e conhecimento, permitindo a Chico Xavier a se meter nessas enrascadas.

O que Chico Xavier deveria fazer

Xavier foi muito irresponsável em tentar se comunicar com os filhos mortos dessas mulheres. E não precisava. Se ele realmente tivesse sido responsável, preferiria sentar-se com essas mães em um lugar sossegado e tentaria convencê-las de que os filhos estão bem, que no mundo espiritual nada é pior do que na Terra, que inferno e castigos não existem e que os filhos seguiriam em seu aprendizado, ou em outras dimensões ou retornando a esta com outras identidades.

Uma falta de paciência e de otimismo por parte dessas mulheres que pensam ser donas de seus filhos, acreditando que a função de mães seria por toda a eternidade, que mereciam um aconselhamento sério e responsável vindo de alguém que realmente entenda a doutrina e não de um católico alienado que superestima a função de mãe("Nossa Senhora, me dê a mão..."), ignorando que a família é uma condição transitória, necessária apenas nos primeiros anos da vida carnal.

Esta irresponsabilidade, além de dar oportunidade de ação a espíritos mal intencionados, alimenta as ilusões desesperadas de mães materialistas que acreditam serem donas de seus filhos se tornando obsessoras daqueles que a realidade e a lógica garantem que não lhes pertencem mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …