Hipótese de "encerramento das encarnações" agigantou mito de Chico Xavier a níveis monstruosos


(Autor: Kardec McGuiver)

Para os "espíritas" brasileiros, há um dogma que garante que Chico Xavier atingiu a perfeição máxima e com isso encerrou a obrigação de se reencarnar. É um erro grave e que contradiz violentamente com a codificação de Allan Kardec, que garante que todos os espíritos na Terra pertencem ao mesmo nível espiritual, não havendo espíritos de evolução máxima no planeta.

Este dogma não somente ofende a doutrina com a seu surrealismo como eleva o beato de Pedro Leopoldo a níveis estratosféricos. Dizer que ele "encerrou a sua capacidade de reencarnar" é dar a ele uma importância universal, como se ele fosse uma tera-divindade, uma espécie de colossal divindade a liderar todo o universo. 

Uma tolice, pois quem analisar um pouco percebe que Xavier não somente não tinha qualidades para "espírito de máxima evolução" como era dos mais atrasados, pois a sua ignorância sobre vários assuntos era notável (incluindo a defesa da equivocada tese sadomasoquista conhecida como a Teologia do Sofrimento, base de sua ideologia) e as comunicações espirituais, em sua maioria, uma farsa, seja por não terem havido, seja pela falsa identidade do espírito comunicante.

É um delírio surreal, e digamos, a níveis monstruosos, a crença de que Xavier atingiu a evolução máxima. Em que eles baseiam para dizer isto? Estereótipos? Sabe-se que a filantropia atribuída a Xavier não foi capaz de transformações significativas. Uberaba, cidade onde o médium viveu, vem caindo drasticamente a sua qualidade de vida, o que significa que aquela tese de que era "o lugar com a energia mais positiva" é uma falácia tão infantil quando acreditar em Bicho Papão.

Agora peguem seus lenços e vamos aos fatos: Chico Xavier foi um dos espíritos mais atrasados do Planeta Terra. Com certeza já reencarnou para responder pelas mentiras que difundiu. A lenda de que atingiu a evolução máxima é um delírio narcotizante. Se como liderança religiosa e filantropo ele foi um fracasso, imagine como divindade máxima do universo? Sinceramente, na gestão de Xavier, o universo seria um desastre!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

Madre Teresa de Calcutá e a caridade como mercadoria