Chico Xavier sonhou com uma Ditadura Teocrática?

(Kardec McGuiver)

Quem é espírita (de Kardec) ou "espírita" (de Chico Xavier) conhece o tal de "Data Limite". É um sonho banal que Chico Xavier teve e que foi transformado em "profecia" na tentativa de promover o médium como algo sobre-humano e atrair mais seguidores. Já falamos sobre a pseudo-profecia e vamos falar ainda mais, mas nesta postagem vamos nos focar a um aspecto do conteúdo deste sonho: O Brasil como "coração do mundo" e "potência do amor".

No tal sonho, a estranha reunião entre lideranças religiosas do universo (?!) sob o comando de Jesus Cristo (????!!!!), decidiriam que, diante da possibilidade de uma guerra interplanetária por causa da ida do homem a Lua (????!!!!), o Brasil passaria a ser o comandante do mundo, a Escandinávia (parte espiritualmente mais evoluída da Terra) seria destruída e extraterrestres (daqueles com a aparência estereotipada de perereca) usariam o Brasil como exílio para que o país dos balangandãs comandasse a Terra com base nos ensinamentos de Cristo (???!!!). Enfim um loucura que só agrada a cristãos ufólogos, viciados em ficção científica e seitas exóticas.

O que deve se observar é que Xavier define o Brasil como líder mundial e países cujo cristianismo não faz parte de sua cultura seriam destruídos. O Brasil, no comando da Terra, se tornaria uma ditadura teocrática de base cristã. Uma ditadura sanguinária que poderia matar "em nome do amor". Parece estranho, mas vindo da mesma mente que acreditava que o torturador Brilhante Ulstra estava construindo um "Reino de Amor", a declaração começa a fazer sentido.

Xavier, como um verdadeiro conservador, era patriota - não no sentido de amor ao país em si, mas a seus símbolos; conservadores não amam o Brasil como um território habitado por seres humanos - e  acreditava na tese do "povo escolhido", importada de outras religiões, com a diferença de que na tese de Xavier, os brasileiros seriam o tal "povo escolhido".

Montando o quebra-cabeças com as informações do sonho e das teorias amalucadas lançadas pelo beato de Pedro Leopoldo, chega-se a conclusão de que para Xavier, não seria nada mal o Brasil virar uma ditadura teocrática, onde "Jesus" governaria por meio de uma "liderança espiritual" ("Emmanuel" da Nóbrega?), impondo as maluquices das religiões cristãs (cobra fala? SIIIIMMM!!!) para manter os outros povos submissos e fazer as doutrinas não-cristãs, incluindo o realista Ateísmo, desaparecerem da face da Terra.

Ainda bem que tudo não passa de um delírio de um beto católico que adorava ficção científica. A teoria da Data Limite tem se mostrado uma verdadeira farsa e com a proximidade da data marcada (e estabelecer datas marcadas é uma prática que vai contra a verdadeira Doutrina Espírita), facilmente Chico Xavier, o "perfeito" será desmascarado, pois o mundo, sem seria crise gerada pela ganancia capitalista, não se encontra com tempo suficiente para "virar o jogo" em 2019.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

Madre Teresa de Calcutá e a caridade como mercadoria