Pular para o conteúdo principal

Que humanismo é esse que faz juízo de valor contra refugiados?

(Autor: Guto Albuquerque, via e-mail)

Que humanismo se pode esperar num pretenso médium com ares de falso sábio, que é o sr. Divaldo Franco? Um cara que, numa entrevista depois de um tal congresso espírita, acusa os refugiados do Oriente Médio de terem sido velhos colonizadores que dizimaram povos e culturas antigas? E disse assim, na maior segurança e tranquilidade?

Isso nos mostra o quanto se pode ferir com palavras doces. Esse tal Espiritismo que no Brasil desfigurou todo o legado de Allan Kardec obtido com muito trabalho e dor, mostra o quanto é perverso diante de todo o aparato de "amor e bondade". Gente com juízo de valor, só porque se acha em contato com o Alto e se diz comunicar com os sábios do além. Mentira, porque sabe-se que ninguém estuda nada em torno dos temas ligados à Espiritualidade e ao Além-Túmulo.

Divaldo fez algo perigoso que, em casos semelhantes, resultou até em processo por danos morais. O dito médium paulista Woyne Figner Sacchetin acusou as vítimas do acidente da TAM de terem sido "romanos sanguinários" e levou um baita processo judicial. Uma pediatra de Rondonópolis, no interior de Mato Grosso, recusou-se a atender uma menina de sete anos porque achava que ela era reencarnação de uma cortesã. Também foi processada.

Até o "mestre" de Divaldo, o "iluminado" Chico Xavier, também acusou gente pobre, que foi vítima do incêndio criminoso num circo em Niterói de ter sido uma multidão de "romanos sanguinários". E o povo apenas querendo ver um espetáculo circense, ter acusado de forma tão leviana e irresponsável pelo tal "homem chamado amor".

Quão desgraçados são aqueles que se usam do prestígio religioso para fazer juízo de valor contra pessoas pobres e humildes, preocupados com encarnações anteriores e já superadas, das quais não há nenhuma garantia se houve mesmo em relação a esses pobres coitados.

Quão desgraçados são Chico Xavier e Divaldo Franco, julgando assim gente humilde, os pobres fluminenses querendo uma diversão para aliviar suas dores da vida em pobreza, ainda que pobreza relativa, ou os refugiados do Oriente Médio que querem apenas viver com alguma dignidade e sem a ameaça de bombas caírem em suas próprias casas!

Que desgraça colheram os dois "médiuns" com tão perverso juízo de valor. Eles, os maiores deturpadores da Doutrina Espírita, que desobedecem Allan Kardec e depois o bajulam, e se protegem no prestígio religioso fabricado pelos interesses financeiros da FEB e pelos interesses religiosos da Rede Globo de Televisão!

Há de esperar humanismo nisso? Não, não há! Ver que os dois religiosos, um deles já falecido, se valer do prestígio para supor o que as multidões humildes foram, como se elas estivessem "pagando pelo que mereceram", é terrível. Isso é contra Allan Kardec, contra Jesus e revela que Chico Xavier e Divaldo Franco são, no fundo, os mesmos pseudossábios que Kardec e Jesus tanto reprovaram em seus tempos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …