Pular para o conteúdo principal

Túmulo de Chico Xavier sofre vandalismo. E porque não concordamos com isso


(Autor: Marcelo Pereira)

Foi noticiado nas redes sociais o fato de que o túmulo do médium católico Chico Xavier foi vandalizado. Xavier, que é tido erradamente pelo senso comum como o "maior líder do Espiritismo", embora não tenha entendido bulhufas a respeito da doutrina, respondia em nome dela e quem atacou o túmulo certamente odiava Espiritismo seja ele  verdadeiro (por Allan Kardec) ou  falso (por Chico Xavier).

Independente de quem foi Chico Xavier ou do que ele tenha feito - e ele fez muito mal, acreditem - nada justifica o ato de vandalismo. Agir de forma agressiva é irracional, danoso e fortalece o lado de quem sofre a agressividade. Se Chico Xavier estava errado, agora que ele vai ficar com a razão, após seu túmulo ter sido objeto de agressão. 

Trocando em miúdos: reprovamos o vandalismo que aconteceu no túmulo do médium.

O fato rendeu uma comoção epidêmica entre os chiquistas e leigos. Postagens sobre Xavier aumentaram após o anúncio de violência contra a tumba, já que para muitos o médium significava o mito do "homem mais bondoso da Terra". Mito falso, mas arraigado em nossa sociedade.

Xavier tem um gigantesco exército de fãs fanáticos e cegos que frequentemente se recusam a aceitar que ele cometeu um erro. Xavier cometeu muitos. O maior deles foi deturpar a doutrina espírita e enganar a muitos forjando mensagens psicográficas que às vezes vinha de espíritos farsantes, outras da cabeça do próprio médium ou dos que trabalhavam com ele.

Mas se Xavier errou, vamos resolver isso de forma mais inteligente. Mostrarmos que somos superiores aos que defendem Chico Xavier. Provarmos que a fé cega, seja de quem for, é a responsável por esta guerra santa que começa a se iniciar no Brasil.

Seria muito bom que não houvesse religiões. Todas, sem exceção, se apoiam em tolices sem sentido e quando uma tolice vai contra a outra tolice, resulta na intolerância.

Mas evitar a agressividade sempre é o melhor a fazer. Sejamos tolerantes mesmo que tenhamos o direito de não sermos concordantes. Um dia os próprios religiosos vão amadurecer, reconhecer o erro de acreditar em absurdos e abandonar as suas crenças, que não assam de resquícios da infantilidade.

Outra coisa: se agredirmos os religiosos estaremos sendo iguais a eles, irracionais defensores de absurdos sem sentido que se transformam em patrimônios a serem defendidos. Se queremos ser racionais, ajamos como racionais, questionando e debatendo com conversas salutares e respeitosas.

A Fé não é nosso patrimônio. A razão é que é o nosso maior patrimônio. E é pela razão que devemos lutar, no bom sentido. E sem agressividade, POR FAVOR!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …