Mais leitor pedindo o livro de Attila Paes Barreto

(Por Rui Mariani, via e-mail)

Onde está a imparcialidade? Será que o tal do Chico Xavier era pessoa tão "perfeita" se tinha medo de que trabalhos que questionavam seu trabalho pudessem vir à tona?

Eu vi na Internet a notícia de ter havido um livro, "O Enigma Chico Xavier posto à clara luz do dia", do corajoso Attila Paes Barreto e hoje não há nenhum sinal dele. Nem na Internet se dispõe de um volume em PDF? Está certo que uma obra dessas não apareceria na Biblioteca Virtual Espírita, mas páginas de questionamento deveriam ao menos escanear o livro em PDF.

Nem vou pedir para as editoras lançarem porque elas estão com o rabo preso. Ficam lançando livro de youtuber, minecraft e outras bobagens e, se lançam algo sobre Chico Xavier, é só para elogiar. Se é para narrar como ele voou sobre as águas feito Super-Homem para salvar afogados, tudo bem. Mas para questionar, por exemplo, os poemas "masculinizados" do suposto espírito Auta de Souza, não há nenhuma chance de publicação.

Pedimos para o pessoal sair à cata dos poucos exemplares que devem haver do livro de Attila para saírem aí escaneando e jogando na Internet, para assim discutirmos sem medo a deturpação do Espiritismo, sem aquela coisa de poupar os deturpadores porque eles "eram bonzinhos".

Comentários

Postagens mais visitadas