Pular para o conteúdo principal

Chico Xavier, o destruidor do Espiritismo


(Autor: Saddam Hayek)

O Espiritismo morreu junto com Allan Kardec e não teve a oportunidade de reencarnar. Morreu mesmo, se extinguiu. Não sobrou migalha para contar a história. Da doutrina só ficou o nome, usado para rotular esse carnaval irresponsável que acaba por atrair as mais malévolas influências ocultas, além de beneficiar lideranças que não passam de reles oportunistas.

E um desses reles oportunistas, um beato católico de nome Francisco Cândido Xavier, que de cândido não tinha nada, a não ser a fala de molenga, esquartejou o Espiritismo já assassinado pelos deturpadores franceses, principalmente Jean Baptiste Roustaing, tão estimado pelos "espíritas" brasileiros que tem vergonha de pronunciar seu nome.

Xavier, que morreu sem ter entendido uma virgula da doutrina que fingia ser seu maior mestre, fez um imenso estrago à doutrina e cometeu a atrocidade de travar a evolução espiritual de seus seguidores, transformados em um bando de ovelhas católicas que sonham com um lindo shopping center após a morte, além de reencarnações brilhantes como reis rainhas e celebridades.

Graças ao médium intruso, a doutrina virou uma verdadeira coletânea de asneiras e absurdos, temperadas com a mais infantil das pieguices e com a irresponsável fé cega que faz com que pontos importantes sejam mal compreendidos e substituídos por dogmas pra lá de infantis de tão risíveis.

Xavier foi bastante irresponsável em completar o serviço inciado pelos primeiros deturpadores tanto os da França com os do Brasil. Equivocadamente inverteram o papel de vilão e herói entre o grande Afonso Angeli Torteroli, bravo lutador pela honestidade e fidelidade doutrinária e o político de intenções dúbias Bezerra de Menezes, deturpador da pior espécie, cujas "biografias" cheias de surrealismo acabaram por canonizá-lo. Para tudo acabar nessa tola fantasia que entendemos hoje como "Espiritismo".

Xavier consagrou a forma deturpada e através de seus livros, psicografados ou não, aniquilaram de forma definitiva a doutrina, substituindo-a por um amontoado de lixo doutrinário que para nada tem servido para a evolução espiritual dos brasileiros. Sua serventia é exclusivamente o de alimentar ilusões e estimular a má compreensão doutrinária.

É triste saber que uma doutrina que nasceu progressista e com a missão de alavancar a evolução humanitária tem se transformado em uma gororoba de tolices graças a um beato católico que não entendeu nada e de seus seguidores e sucessores tao alienados quento ele. O trabalho de Allan Kardec foi literalmente jogado no lixo e temos que nos virar para que possamos por em prática a evolução espiritual. Pois se contamos com esses farsantes que falam hoje em nome da doutrina, nossas esperanças vão direto para o ralo a caminho do mais impuro esgoto. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …