Espíritos inferiores se disfarçam de superiores para atrair adeptos

(Autor: Profeta Mentalista)

Muita gente se espanta e alguns até se revoltam quando digo que o espírito que se apresenta como Emmanuel e similares é de natureza inferior. "Mas como? Diz mensagens tããão lindas!", é o mantra sempre repetido nos comentários em sua defesa. 

Mas infelizmente, a ilusão deve ser dissipada e os farsantes desmascarados para que a Doutrina Espírita pudesse ao menos amenizar o grande prejuízo que sofre com a influência desses espíritos farsantes.

Os ditos seguidores do Espiritismo brasileiro são otários? Não sabem que o mau caráter, quando quer dominar, não se apresenta como mau para não espantar as suas vítimas? O mau vai se apresentando como bondoso, correto, leal e vem com um papo sedutor, falsamente altruísta, lindo, e as vezes comovente.

O mesmo acontece com a espiritualidade, já que são os homens sem os corpos. Emmanuel não veio na forma de diabo, usando tridente e roupa vermelha com chifres afiados. Veio na forma de um sujeito simples, vestido de branco, fala mansa e lições superficiais de moral. Tudo ao gosto da religiosidade crédula que domina hoje o nosso país.

E nada mais coerente. Indícios sugerem que Emmanuel foi mesmo o Padre Manuel da Nóbrega (que assinava seus documentos como E. Manuel - "E" de "ermano", irmão em português arcaico), que se infiltrou na cultura indígena para dilacerá-la e converter os pobres coitados ao catolicismo. Emmanuel usava a mesma metodologia para dilacerar o Espiritismo e transformá-la em um novo Catolicismo, usando um pobre médium, Chico Xavier, como escravo cego de suas vontades.

Outros espíritos similares vem enchendo a versão brasileira da doutrina com mensagens de paz, amor e esperança que não levam a nada além da crendice passiva e alucinada. Espíritos superiores não agem desta forma. Ainda mais o "Ermano Manuel", que ameaçou Chico Xavier de morte caso o médium mineiro se aposentasse de sua psicografia.

Espíritos de má índole pipocam para bagunçar a doutrina, impedindo a evolução intelectual de seus seguidores. E estão conseguindo. E para isso se fazem de sábios bondosos para que as suas armadilhas possam obter sucesso, enfiando um monte de crédulos em uma enrascada sem fim, que só mentém as injustiças e toda a podridão de problemas que estamos cansados de ver em nosso cotidiano.

Antes de classificar algum espírito como superior, investigue. Muitas vezes uma fruta bem doce, vinda de uma árvore aparentemente boa, pode causar a maior indigestão, muitas vezes fatal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

Madre Teresa de Calcutá e a caridade como mercadoria