Pular para o conteúdo principal

A Teologia do Sofrimento

(Autor: Kardec McGuiver)

A ideologia denominada Teologia do Sofrimento, defendida pelo Catolicismo, nada tem a ver com a Doutrina Espírita. Se há menção a isso na doutrina, certamente se trata de um enxerto católico inserido nela, criando uma contradição que dificulta a compreensão doutrinária.

A Teologia do Sofrimento resultou na má interpretação do sofrimento de Jesus. Católicos defendem a tese sem sentido de que Jesus teria se oferecido para sofrer porque ele sofrendo, dispensaria a humanidade de sofrer. Para completar o nonsense, os católicos continuam a valorizar quem sofre, prometendo que este sofrimento seria um caminho para uma prosperidade futura. Prosperidade que nunca chega de fato. O que prova que religiões são ótimas em promessas e péssimas em resoluções.

Na verdade, Jesus morreu porque era ativista e seu ativismo desagradava os tiranos da época. Morreu por motivos políticos e seu sofrimento nada tem a ver com o da humanidade, já que o bom senso afirma e garante que cada pessoa é responsável pelos seus atos. Uma pessoa não pode se oferecer para sofrer no lugar de outras.

É uma tolice sem sentido que e aceita apenas por fanáticos e que tem servido de base para muitas crenças, já que para as suas lideranças, é bom que os outros sofram para que os líderes possam estar bem.

O sadomasoquismo é estimulado por todas as religiões que existem como forma das pessoas tentarem resolver seus problemas mundanos da maneira mais fácil possível, se livrando os esforço de que deveria ser útil para o desenvolvimento intelectual.

E dentre as lideranças religiosas, quem mais queria que as pessoas sofressem é o "bondoso" Chico Xavier, sinônimo de perfeição espiritual para seus incautos admiradores. Xavier não cansava de mandar mensagens frouxas de auto-ajuda pedindo para as pessoas aceitassem com alegria e carinho o sofrimento, chegando a ponto de lançar a tese de que um moribundo seria muito mais feliz que um profissional bem sucedido. Um contrassenso.

Estranho uma doutrina que finge ser científica cometer tantos contrassensos e tantas contradições. Tudo para que a humanidade, emburrecida pela péssima educação que recebem, se submeta as essas lideranças, obedecendo-as cegamente, enquanto líderes religiosos se beneficiam da credulidade alheia para aumentar seus lucros e seu poder quase político.

Nosso conselho: não sofra. Quando o sofrimento bater a sua porta, faça de tudo para sair dele. Não é o sofrimento que dignifica, mas a tentativa de sair dele. Muitas das grandes invenções surgiram da necessidade de resolver problemas. Recusando o sofrimento, você adquirirá qualidades que serão muito úteis no futuro e ajudarão a ter uma melhor compreensão da realidade que as lideranças religiosas insistem em esconder.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Silêncio da imprensa em torno do caso Divaldo Franco-João Dória Jr. é grave

(Autor: Professor Caviar)
De repente, até a imprensa de esquerda desaprendeu a fazer jornalismo. O prefeito de São Paulo, João Dória Jr., enquanto divulgava a intragável "farinata", composto alimentar de procedência e valor nutricional duvidosos, exibiu o tempo todo a camiseta do evento Você e a Paz, comandado pelo "médium" Divaldo Franco. O silêncio total da imprensa quanto a este aspecto tem muito o que dizer, e não são coisas boas.
Em primeiro lugar, João Dória Jr. não exibiu a camiseta do Você e a Paz porque foi a única camiseta branca que encontrou ele que costuma usar camisas de colarinho e paletó. Também não foi uma iniciativa comparável à de um moleque usando camiseta de banda. Houve um propósito para João Dória Jr. aparecer vestindo a camiseta do Você e a Paz, na qual havia o crédito do nome de Divaldo Franco.
Nenhum jornalista, por mais investigativo que fosse, chegou sequer a perguntar: "ora, se a 'farinata' era apoiada pela Arquidiocese de…

Por defender a ditadura militar, Chico Xavier devia perder homenagens em logradouros

(Autor: Professor Caviar)

Pode parecer, para muitos, cruel e injusto, mas a verdade é que Francisco Cândido Xavier deveria perder as homenagens dadas a logradouros por todo o país.
Na famosa entrevista ao programa Pinga Fogo, em julho de 1971, Chico Xavier exaltou a ditadura militar, com muita convicção, e disse para orarmos para as Forças Armadas, porque os militares estavam construindo o "reino de amor" do Brasil futuro.
Demonstrando um raivoso direitismo, Chico Xavier simplesmente disparou comentários contra manifestantes sem-terra e operários, com um reacionarismo descomunal e que muitos não conseguem imaginar, apegados à "dócil imagem" atribuída ao anti-médium mineiro. Quem duvida, é só ver o vídeo no YouTube. E é o próprio Chico Xavier quem diz, para tristeza de seus seguidores.
Ele defendeu a ditadura militar num contexto em que ela se mostrou bem mais repressiva. Era a época do DOI-CODI, principal órgão de repressão, que aprisionava, torturava e matava pri…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …