Chico Xavier: um totem difícil de derrubar

(Autor: Kardec McGuiver)

As religiões na verdade, são ideologias criadas pelos homens para poder dominar, já que é muito fácil controlar pessoas forjando a existência de divindades. Muitas lideranças religiosas acabam denunciadas pelos seus erros quando é de interesse de seus adversários essa denúncia. Mas quando não é? Ora, fica por isso mesmo. Já que não incomoda as elites...

E nunca ouvi falar de uma liderança tão sedutora quanto Chico Xavier. Um ícone tão poderoso que consegue enganar muita gente séria e até alguns intelectuais, embora tivesse deturpado toda uma doutrina, escrito livros com bobagens e participado e até autenticado fraudes grosseiras.

Chico Xavier segue completamente impune pelos erros que cometeu e imune a qualquer crítica. Mesmo depois de morto, tem um imenso exército de cães da guarda bem ferozes a defendê-lo. Defender sem argumentos convincentes, mas com poder de influência.

La fora, farsantes do quilate do médium mineiro são facilmente denunciados. Homens com visibilidade se interessam pela causa e eles próprios denunciam os farsantes após cuidadosa verificação. Por serem influentes, são facilmente ouvidos e o farsante denunciado cai. Precisamos de alguém com influência para desmontar o mito de Chico Xavier, tratado quase como um Deus (sem aspas) pelos seus admiradores.

Enquanto não chega esse grande herói a desmascarar o maior charlatão do mundo que foi Chico Xavier, o mito do médium segue intocável, com ampla e poderosa blindagem. Qualquer denuncia sobre erros do médium é facilmente abafada, tida erradamente como "birra infantil".

Até porque o mito construído em torno do médium que nunca estudou a Doutrina Espírita, mas é tido como sua maior liderança (maior até que o codificador), está bem longe de ser derrubado, pois está bem protegido cm tubarões famintos nadando ao redor. Como as denúncias até agora só vem de peixes pequenos, a verdade é logo abafada para que a linda fantasia do "Homem-Amor" possa substituir a realidade. 

Nunca houve um farsante como Chico Xavier, um cara que soube muito bem enganar multidões, sendo um verdadeiro gigante quase impossível de ser derrubado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

Madre Teresa de Calcutá e a caridade como mercadoria