Stephen Hawking contradiz ilusão defendida por Chico Xavier

(Autor: Professor Caviar)

A ideia de Francisco Cândido Xavier de que no mundo, principalmente no Brasil, virão missões de extraterrestres para compensar a destruição do mundo evoluído depois da "data-limite" de 2019, é comprovadamente uma farsa, se basearmos em aviso do renomado físico inglês Stephen Hawking.

Hawking acha perigoso recorrer a contatos com alienígenas, recomendando "muito cuidado" ao receber mensagens vindas de gente de outro planeta. Ele comparou essa oportunidade a nativos americanos encontrando Cristóvão Colombo, mas poderia ser também comparável a incas e astecas ao entrarem em contato com os violentos exploradores espanhóis.

Sabe-se que Chico Xavier teria tido um sonho depois da famosa viagem à Lua em 1969, e pouco mais de 15 anos depois ele contou o sonho a um jovem, Geraldo Lemos Neto. Pela carteirada religiosa que representa o suposto médium, o sonho, que poderia não ter tido a devida importância - uma suposta reunião de Jesus Cristo e autoridades do universo, acompanhados de Chico Xavier e Emmanuel,  "preocupados" com a Terceira Guerra Mundial -  teve status de "profecia" que "revelou" um engodo pseudo-humanitário cheio de sérios erros de Sociologia, Geologia e Geografia.

Segundo Chico Xavier, se o "mundo moderno" não desenvolver "princípios de solidariedade e paz" até 2019, Deus, através das ações da Natureza, irá causar catástrofes diversas, como vulcões, maremotos, terremotos etc que tornariam o Hemisfério Norte "inabitável", abrindo o caminho para o Brasil se tornar o país "coração do mundo e pátria do Evangelho".

Tese delirante, mas que Geraldo Lemos e seguidores, como o produtor Juliano Posati, entendem como "filosofia" e "ciência". A partir de tal hipótese, Chico Xavier havia considerado que, mais tarde, a Terra receberia diversas missões extraterrestres que trariam novos conceitos de humanidade e reforçariam a solidariedade universal entre os povos planetários. Falar é fácil.

O ceticismo de Stephen Hawking - que os "espíritas" fingem sentir admiração e há até incautos o colocando lado a lado com Chico Xavier - é bem mais realista, e, num país marcado pelos retrocessos políticos profundos e calamitosos, como o Brasil, é bom ouvir os avisos dos céticos, antes que a festa dos que se acham felizes termine numa ressaca bastante dolorosa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

Madre Teresa de Calcutá e a caridade como mercadoria