Pular para o conteúdo principal

Chico Xavier, o Meigo Indestrutível


(Autor: Profeta Mentalista)

Para os brasileiros, a grande estrela do movimento espírita (que nada tem a ver com a Doutrina Espírita, embora seus integrantes pensem que tem a ver) é Chico Xavier. Tido como bondoso, simpático e meigo, ele teve as características necessárias para sensibilizar esse povo carente que pensa que evolução espiritual passa exclusivamente pelo moral, descartando qualquer racionalidade ou questionamentos.

O povo brasileiro, "educado" há mais de 500 anos pelas religiões dogmáticas, sobretudo o Catolicismo (do qual Xavier era devoto fervoroso) e mais recentemente o protestantismo, se acostumou a associar as coisas de Deus a uma fé passiva e crédula, que trata absurdos como verdades e condenando qualquer um que esteja disposto a pesquisar, na tentativa de verificar se essas crendices são verdadeiras ou não.

A FEB, que deveria zelar pela doutrina e na verdade faz o contrário, transformou Xavier em um mito, da mesma forma que a mídia transforma qualquer cantor de chuveiro em "gênio da cultura brasileira". Um mero médium, que na verdade deveria ser nada mais que um objeto de estudo, foi alçado a guru do espiritismo a ponto de ser confundido com o próprio Kardec, mesmo tendo evidentemente uma personalidade diferente e posição doutrinária oposta.

Para mensurar a falsa importância de Xavier para a doutrina e a tola idolatria para com ele, numa enquete em uma comunidade espirit(ólic)a do Orkut, ao ser perguntado se os membros acreditavam que Xavier era reencarnação de Kardec, cercade 60% (!!!) responderam que sim, que Chico era Kardec. Um absurdo, se analisarmos friamente a atuação de cada um perante a doutrina. Uma prova que no Brasil, há muitos "espíritas" muito mal informados.

Se Xavier teve méritos , mesmo sendo católico praticante e nunca ter entendido o Espiritismo, foi em atrair gente para a doutrina, além de servir de conforto para pessoas tristes com o desencarne de parentes e amigos queridos. O brasileiro é um povo não muito racional (pode se esperar de tudo vindo de um povo que acha que a vitória no futebol é mais importante do que a melhoria na qualidade de vida) e precisava de atitudes como a de Chico Xavier para poder se sensibilizar com a doutrina. Mas o ideal seria que, com o amadurecimento intelectual, pudéssemos entender a verdadeira "missão" de Xavier, sem transformá-lo em um guru "difusor da verdade".

Mas a credulidade falou alto e o tradicional medo de Deus e dos espíritos, estimulados através das religiões (o primeiro medo) e dos filmes de terror (o segundo), fez com que os seguidores da doutrina vissem o ingênuo médium como inquestionável "representante de Deus" na Terra, como se fosse uma espécie de "papa" do Espiritismo, aceitando, consequentemente tudo que era dito e escrito em nome dele e dos espíritos de elevação mediana que o acompanhavam, sem verificar sua veracidade.

Infelizmente isso está arraigado na versão brasileira da doutrina e é ainda algo difícil de derrubar. E com ela, o Movimento Espírita segue totalmente alheio ao que está na codificação, se desviando do objetivo de evolução espiritual, transformando o Espiritismo numa religião como outra qualquer, servindo apenas de conforto para carentes que não conseguem ou não se interessam em resolver os seus problemas usando a própria mente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não há resgate coletivo. E isso o cotidiano nos explica com facilidade

(Autor: Professor Caviar)
Na madrugada de ontem, numa serra na Colômbia, um trágico acidente ceifou quase todos os ocupantes de um avião que levava a equipe catarinense Associação Chapecoense de Futebol, time conhecido como Chapecoense ou, simplesmente, Chape.
No acidente, inicialmente 75 pessoas faleceram. A maioria dos jogadores do Chapecoense, parte da tripulação boliviana que estava no avião, jornalistas e dirigentes esportivos. Apenas seis pessoas foram resgatadas com vida. O famoso zagueiro Neto foi resgatado com vida, e está sob cuidados médicos.
A tragédia comoveu o mundo inteiro e revelou um sonho interrompido de um time em ascensão. Consta-se que o Chapecoense era melhor do que muito time festejado que vence fácil qualquer torneio, e seu time era considerado de grande entrosamento. Com a perda de muitos desses jogadores, o time terá que recomeçar a temporada de 2017 do zero, provavelmente aproveitando jogadores juvenis.
Sob a ótica "espírita", fala-se que o aciden…

Planeta "X", Chupão ou Nibiru: Respondendo a um leitor ramatisista

(Autor: Artur Felipe Azevedo)
Nosso Sistema Solar é composto de 8 planetas. Um leitor anônimo escreveu um comentário, dizendo o seguinte:

"Respeito a opnião (sic) de vocês, mas estão um pouco desatualizados. Se não sabem, foi descoberto um planeta próximo a Plutão, denominado Planeta X, mas que anteriormente foi citado pelo medium Chico Xavier como o Planeta Chupão. Se voces ligarem a teoria espirita com a lógica, viriam que jamais ela errou, mas se exitam em falar sem ao menos saber em que se resume tal coisa. http://geniusvirtual.blogspot.com/2009/07/seria-o-apocalispe-o-planeta-chupao.html  Esse link acima é para a reportagem completa, e abaixo dela está a fonte. Essa repostagem nao é espirita, é científica.
Parem um pouco e leiam para depois falar. É por isso que sempre digo: NÃO PODEMOS FALAR MAL DE ALGUMA COISA QUE NAO CONHECEMOS COMPLETAMENTE, APENAS SE APOIANDO EM SUPOSTOS COMENTARIOS OU SUPOSIÇÕES."


Bem, vemos que o colega ramatisista parece convencido da existência do …

Não quiseram cortar o mal pela raiz? Agora o estrago foi feito. Aguentem!

(Autor: Kardec McGuiver)
Muita gente reclama atualmente das críticas feitas a Chico Xavier. Não são críticas inventadas, são observações dos inúmeros erros cometidos pelo beato católico transformado em "liderança espírita" graças a um festival de manipulações feitas pelas lideranças da FEB, interessadas em fabricar um "santo vivo" para atrair gente e consequentemente, dinheiro. Dinheiro que ia muito pouco para a caridade e mais para as lideranças.
Se esquecem essas pessoas, cegas pela idolatria fanática a um verdadeiro charlatão que foi Chico Xavier, que se tudo fosse evitado antes, nada disso teria acontecido. Era preciso cortar a erva daninha no início, mas preferiram alimentá-la e deixar crescer. Hoje Chico Xavier é uma planta carnívora em dimensões colossais e o estrago que causou no Espiritismo se tornou algo praticamente irreversível.
Claro que houve tentativas para denunciar o charlatão no início. Mas sem a internet ou meios que propagassem as denúncias, el…